01
FEV

SommerFest - Domingos Martins mostra cultura alemã

De 2 a 5 de fevereiro acontece a SommerFest em Domingos Martins. O festival apresenta a riqueza da cultura alemã, no clima frio das Montanhas Capixabas, cujo cartão postal é a Pedra Azul.


Tudo pronto para a 28º edição da SommerFest, programada para este fim de semana em Domingos Martins, cidade da Serra Capixaba. O evento é um festival em comemoração a chegada dos primeiros imigrantes alemães à região e durante quatros dias – 2, 3, 4 e 5 de fevereiro – oferece ao viajante um panorama da rica cultura alemã através de música, comidas típicas, desfiles, concursos, figurinos tradicionais e gente acolhedora, tudo num cenário com ares europeu com direito a clima frio  e a beleza das montanhas Capixabas. 

Este ano, a SommerFest terá duas praças de alimentação com opções variadas para os amantes do turismo gastronômico. A Vila Germânica foi pensada como um espaço diferenciado para apresentação de cervejas artesanais e comidinhas deliciosamente preparadas pelos descendentes dos imigrantes. A segunda praça terá pratos da cozinha brasileira, mostrando a diversidade da gastronomia de Domingos Martins e região.  

O festival tem seu ponto alto também nas exibições de bandas percorrendo a cidade com a música alemã de raiz durante os intervalos dos shows oficiais. Seis palcos estão distribuídos na área destinada ao evento, na praça principal em Domingos Martins. No palco principal, o destaque fica com a banda catarinense Herr Schmitt, que tem entre seus integrantes ex-líderes da Banda Cavalinho, velha conhecida das oktoberfest de Blumenau. 

Na sexta, acontece o animado concurso do lenhador, onde as duplas concorrentes disputam pelo melhor corte de troncos de eucalipto com um serrote gigantesco como faziam seus ancestrais. Para encerrar o evento, no domingo acontece o Desfile Cultural com o tema “A Saga do Nosso Imigrante”, história dos imigrantes alemães desde o século 19 até os dias atuais, contada em alas e carros alegóricos. 

Com quatro dias de programação intensa na festa, dá para uma escapulida rápida para  conhecer os arredores, onde é possível encontrar de tudo um pouco em matéria de lazer e turismo ecológico.  Trilhas a pé, cavalgada, passeio de bicicleta, banho de cachoeira, e, claro, ir até a Pedra Azul, cartão postal da região, para uma foto que fará sucesso entre seus amigos! 



01 de Fevereiro de 2017