14
MAR

Outono traz o frio à serra capixaba

Dia 20 de março começa o outono e, até setembro, Pedra Azul e região tem o clima frio como cenário para curtir momentos únicos, como colher morangos, ver cerejeiras em flor e apreciar bons vinhos...


Morar num país tropical faz a maioria de nós, brasileiros, ser  amantes de um bom friozinho.  Só assim para termos a chance de namorar em frente à lareira, tomar um vinho agasalhado em mantas macias, dormir agarradinho sob o edredom, passear entre flores de inverno e degustar uma gastronomia especializada em ambientes aconchegantes e quentinhos, momentos que combinam perfeitamente com o clima frio tão sonhado por quem vive em altas temperaturas na maior parte do ano. 

A região da Pedra Azul, em Domingos Martins, considerado terceiro melhor clima do mundo pela ONU, traz este cenário europeu para o Brasil. Nos meses de março a setembro, durante as estações de outono e inverno, a temperatura por lá vai baixando aos poucos, dando tempo para curtir tudo de bom que o frio oferece, chegando às vezes a menos de 10 graus

É a época ideal para, por exemplo, conhecer as plantações de morangos orgânicos  de Pedra Azul e colher os frutos no pé! No estilo colhe-pague, essa experiência oferecida pelo Sítio Herança encanta crianças e adultos – afinal, você já viu um pé de morango? Muita gente não e vem adorando a oportunidade. Em agosto de 2017, aliás, acontece a 30º Festa do Morango da região, um evento que valerá um post especial.  

Chance também de ver uma paisagem muito rara aqui no Brasil passeando pelo Bosque das Cerejeiras, cujo acesso é pela entrada do Parque Pedra Azul. As cerejeiras em flor, sejam altivas nos galhos ou cobrindo o chão de rosa, oferecem uma visão deslumbrante ao viajante que tiver a sorte de estar por perto nos poucos dias do ano em que florescem – final de julho é um dos períodos em que isto acontece. 

Por fim, não dá para curtir o frio na serra sem experimentar as delícias dos imigrantes italianos e alemães que povoam a região. Prepare-se para fazer um roteiro gastronômico e etílico visitando os produtores locais de vinho, cachaça, queijos, embutidos,  mel e palmito que fazem parte do agroturismo de Domingos Martins e Venda Nova do Imigrante. Termine seu dia num dos muitos restaurantes charmosos da Rota do Lagartoe que usam estes produtos fresquinhos como diferencial em seus cardápios. 



14 de Março de 2017