01
AGO

Agroturismo conquista viajantes

Embutidos, defumados e palmitos nas mais variadas receitas – siga este roteiro e viva uma experiência única de contato com a vida rural.


Já falamos em outro postcomo o agroturismo de Pedra Azul e região é um atrativo à parte para os viajantes em busca de uma experiência única com tradições do meio rural, sua cultura e  gastronomia. Há muito que se explorar e conhecer no contato com as famílias de imigrantes que garantem sua sobrevivência valorizando o cultivo e a produção local. 

O Sítio da família Lorenção, cuja matriarca é a Dona Cacilda, é um bom exemplo. Sua fama deve-se basicamente a um único produto, o socol, um embutido feito com lombo de porco,  que é uma releitura de uma tradicional receita italiana da região de Treviso, só que a base de carne de pescoço de porco. A adaptação capixaba deu tão certo que a cidade de Venda Nova busca o reconhecimento da iguaria pelo Instituto Nacional de Propriedade Intelectual

Pois Dona Cacilda é especialista na fabricação do socol desde menina,  e no Sítio dela, além de comprar e degustar, você poderá ver todo o processo de produção. A carne é temperada com alho e pimenta e envolvida no próprio peritônio do suíno (membrana que reveste a barriga). Depois, fica na cura por seis a oito meses até chegar ao ponto de consumo. Uma delícia artesanal perfeita para acompanhar uma boa cerveja.

Outra degustação imperdível de embutidos, com destaque para os defumados, pode ser feita pelas mãos de Wagner e Arlete, do Monarca Embutidos, bem no centro de Domingo Martins. Presunto defumado, peperoni, lombinho canadense e copa são algumas opções, além da especialidade da casa: einsbein, joelhos de porco defumados. E o melhor – os dois resolveram abrir um restaurante ao lado do espaço de fabricação e oferecem tudo o que produzem, e muito mais, para uma saborosa refeição

Não é fã de carne? Que tal visitar o Sítio dos Palmitos, em Pedra Azul, com mais de 50 mil pés plantados de diversas variedades.  Todos os dias, o espaço está aberto para um passeio pela floresta de palmáceas e para compra de produtos, todos de palmito, claro  – torta, esfiha, quibe, foundues, pastas, nhoque, quiches, carpaccio, antipastos, conservas e receitas congeladas, como pupunha gratinada. É  ou não é um roteiro de agroturismo de dar água na boca? E vem mais por aí... Aguardem!


Ou que tal vir logo conhecer e desfrutar de tudo isso? FAÇA SUA RESERVA!





01 de Agosto de 2017